i9Care: Evidence

A prática da medicina baseada em evidência

A prática da medicina baseada em evidência

A prática da medicina baseada em evidência (MBE) é orientada para o paciente individual e reconhece com clareza suas necessidades pessoais. A tomada de decisão começa por avaliar de forma crítica a melhor evidência científica disponível, para em seguida compará-la com a experiência adquirida previamente em situações semelhantes e então aplicar o conhecimento de acordo com a condição clínica, os valores, as preferências, as preocupações e as expectativas do paciente a ser atendido.1

Estaremos prontos para a prática clínica baseada em evidência (PCBE) se aceitarmos que a observação e o diálogo com o paciente precede em importância as teorias biológicas que fundamentam a tomada de decisão; que a probabilidade de acerto e incertezas sempre existem, qualquer que seja a decisão tomada; que as incertezas podem ser equacionadas pela informação de qualidade obtida em estudos epidemiológicos e na pesquisa clínica; que a qualidade dessa informação depende da adequação e semelhanças entre o paciente que está sendo tratado e aqueles que fizeram parte da pesquisa 2.

No método Evidence, a Cognos seleciona as condutas clínicas que possam reduzir os riscos identificados de forma geral e individual e oferece aos profissionais de saúde uma grade de opções clínicas.

Referências:

1.Sackett DL, Straus S, Richardson S, Rosenberg W, Haynes RB. Evidence-based medicine: how to practice and teach EBM. 2a ed. Londres: Churchill Livingstone; 2000.

2.Zanetta R, Nobre MRC, Lancarotte I Incorporação de tecnologia centrada no paciente, in Nita ME Avaliação de tecnologias em saúde: evidência clínica, análise econômica e análise de decisão. Porto Alegre: Artmed, 2010/560-577

Área do Cliente